30 de jun de 2011

Torô- Lanterna de pedra



As lanternas japonesas são conhecidas por sua beleza e o simbolismo que carregam. Além de serem objetos de decoração ou fontes de luz, elas estão muito ligadas a espiritualidade. Sua luz ilumina a mente, mostrando com mais clareza o caminho correto. As lanternas de pedra são parte fundamental do jardim japonês. Seu posicionamento leva em conta o ponto de visão e seu estilo, pois cada um possui um significado distinto. Seguem os estilos mais clássicos:


Pagoda
Os pagodas são utilizados para ligar os jardins ao mundo espiritual. Os cantos do telhado apontando para cima representam as direções do universo, e os crescentes níveis simbolizam o caminho à iluminação.


Kotoji
Significa "harpa de sintonia", as duas pernas de seu corpo lembram a forma do instrumento musical japonês "koto". Normalmente uma perna é colocada sobre a terra e a outra na água, o que reflete a interdependência dos elementos.

Shinto
Utilizadas para iluminar a entrada dos santuários. Freqüentemente são dedicadas aos antepassados nos santuário. É inscrito nela o nome para quem foi dedicada, formando um registro do santuário.


Rankei
Rankei também são conhecidas como “acompanhantes das águas”. Essas lanternas são geralmente colocadas a beira de uma lagoa ou riacho para criar uma bela imagem refletida na água.


Kasuga
É tradicionalmente utilizada como "guardião lanterna” dos templos budistas. Freqüentemente usada na entrada dos jardins japoneses guiando o convidado até o local da cerimônia do chá.


Yukimi
Conhecida como a "Lanterna para ver a neve". Seu telhado capta a neve lhe dando maior beleza, refletindo a pureza de suas linhas.

Fonte:julyhide

3 comentários:

Que matéria interessante Vítor. Agora vou reparar melhor nessas lanternas japonesas.

Oh ceus, que lindas *-*

Bem interessante... agora quero uma >.<

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...