28 de jan de 2013

Clubes na escola e na faculdade...




Bom, para quem já viu animes ou dorama escolares devem ter vistos várias atividades diferentes na “grade curricular”, uns realizados nos prédio da escola/faculdade, tais como esportes, música, arte, cultura tradicional japonesa, etc.

O motivo disso é bem simples: a partir do momento que a pessoa frequenta a escola, ela deve escolher alguma atividade extra, desde leitura até trabalho voluntário. Normalmente, as pessoas tendem a se identificar com o clube escolhido e isso influência diretamente na escolha da profissão/faculdade.


Essas atividades são realizadas após o período escolar, basicamente entre as cinco e sete horas da tarde, mas não é raro ficarem mais tempo. Como é de se esperar, a medida que o tempo passa, a coisa fica mais rígida e séria. Os clubes de música e esporte, por exemplo, só aceitam pessoas com um certo nível, e os encontros são realmente treinos.


Para aqueles que desenvolverem um interesse tardio por alguma dessas atividades, há os ‘circles’. Essas são atividades que visam iniciantes ou apenas pessoas que a praticam por hobby. Por exemplo, imagine que você gosta muito de música e mesmo não tendo instrumento gostaria de entrar no clube, não se preocupe há clubes que os próprios membros emprestam! =) 


Apesar de toda a importância na educação e formação da pessoa, me parece que o principal motivo desses clubes serem tão famosos é outro: o Japão é um país muito regrado, a algumas vezes excludente. Qualquer coisa fora do padrão é ignorada para não alterar a ordem. Ora, as pessoas estão acostumadas com suas famílias e durante a aula o silêncio e o respeito impera.


Assim sendo, como desenvolver amizades? Simples, dando um forcinha nos interesses em comum, diminuindo (as supostas) diferenças. Outro problema é espaço: não há como reunir amigos em casa e/ou ir para algum lugar “se divertir” – entre aspas, porque a palavra “asobu” (divertir-se) tem um certo conceito negativo no Japão, é inimaginável ver amigos “se divertindo” todos os dias no Japão. Para se encontrarem é preciso um motivo.


*Clubes que é possível encontrar na faculdade: clubes de línguas, artes (teatro, cinema, fotografia, pintura, dança, literatura), relações humanas (história, filosofia, política, sociologia), artes tradicionais japonesas (kimono, chá, arranjo floral, caligrafia japonesa), trabalho voluntário, música (a cappella, contemporânea, clássica, tradicional japonesa) e esportes (cujos principais são caratê, judô, rugby e baseball).


Fonte: radioblast

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...