20 de jun de 2012

Aniversário e Comemorações

Segundo as crenças japonesas, algumas idades são considerados idades de azar ou até mesmo perigosas, enquanto outras são totalmente dignas de comemoração. São celebradas cerimônias e rituais especiais, a fim de afastar a má sorte ou para trazer boa sorte durante essas idades.
Conheça essas comemorações nos costumes japoneses:


Shichi Go San
Shichi Go San (七五三) ou o Festival “Sete-cinco-três”, é comemorado no dia 15 de novembro. Neste dia, os meninos de cinco e sete anos de idade, as meninas de três e cinco anos de idade, vestidos com quimonos são abençoados por um sacerdote xintoísta para ter saúde e bem-estar. Inicialmente acreditava que as crianças dessas idades em particular são consideradas na numerologia japonesa, por serem números ímpares, como sorte. O respeito tem vindo a ser considerado como um rito de passagem importante, pois representa a elevação da criança a“homenzinhos” e “adoráveis mulheres”.


Seijinshiki
Aos 20 anos os japoneses (homens e mulheres) comemoram a maioridade. Essa celebração se chama Seijinshiki. Apenas os nobres e ricos o celebravam até o século 19. A data começou a ser celebrada pela população em 1947, no dia 15 de janeiro. Em 99, com a mudança da lei que define os feriados, a data passou a ser móvel. Atualmente é comemorada nas segundas-feiras mais próximas do dia 15.
Na maioria das regiões a cerimônia é realizada nas prefeituras e ginásios de esporte municipais. As mulheres costumam se vestir com o furi-sode, quimono colorido para solteiras, e os homens se vestem com ternos, mas também usam o hakama (parte de baixo do quimono que se parece com uma calça).


Yakudoshi
Acidentes, período de azar e inferno astral estão relacionados ao Takudoshi. Para aqueles que estão nas idades consideradas críticas (Yakudoshi), é preciso muito cuidado. Essas idades variam um pouco conforme a região do Japão, mas normalmente, para os homens, são os 25, 42 e 61 anos e para as mulheres, os 19, 33 e 37 anos.
Os homens devem tomar um cuidado maior com os 42 anos,idade conhecida como “Taiyaku” ou “Hon’yaku” (mais perigosa),cuja leitura em japonês dos números 4 e 2 (“shi” e “ni”), juntos, formam a palavra morte. Já as mulheres têm que redobrar a atenção aos 33 anos, já que os números 3 e 3 (san san) remetem a dificuldades. No que depender da junção dos números 1 e 9 (juu ku), grande sofrimento acometerá o sexo feminino aos 19 anos.
O ano anterior ao Yakudoshi, chamado Maeyaku, e o posterior, Atoyaku, também são considerados perigosos. Para a contagem da idade crítica, deve-se considerar o Kazoedoshi, isto é, um ano a mais à idade da pessoa.
Os japoneses costumam organizar festas no período anterior (Yakuire) e posterior (Yakubarai) ao Yakudoshi, como forma de reunir energias positivas para enfrentar o período. Yakuire é a festa que familiares e amigos oferecem à mulher aniversariante que completa 33 anos e ao homem, na comemoração de seus 42 anos. Na ocasião, o aniversariante tem que usar trajes do sexo oposto para “enganar o azar”.
O aniversariante também deve usar roupas vermelhas para trazer boa saúde, vitalidade e vida longa.


Kanreki
Para os homens, o 60 º aniversário é chamado kanreki, o conhecido como “segunda infância”. Os caracteres japoneses no kanreki palavra literalmente significa “retorno” e “calendário”. O calendário tradicional, que foi baseado no calendário chinês, foi organizada em ciclos de 60 anos. O ciclo de vida retorna ao seu ponto de partida em 60 anos.
Tradicionalmente, os amigos e parentes são convidados para uma festa de comemoração de um aniversário do 60. É habitual para o celebrante a dar uma capa vermelho e vestir um colete vermelho. Estas roupas geralmente são usadas por bebês e isto simboliza a volta do celebrante ao seu nascimento.












 Fonte: Virtual Flavor

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...