15 de jul de 2012

Hachiko: Um exemplo de lealdade

 
A história de Hachiko é uma das muitas e talvez a mais famosa sobre a fidelidade do Akita com seu dono.Hachiko era um Akita que pertencia a um professor universitário, chamado Eizaburo Ueno,que morava em um subúrbio de Tokyo, perto da estação de Shibuya.
Todas as manhãs Hachiko acompanhava seu dono no percurso de casa à estação de trem,voltando no final da tarde para acompanhá-lo na volta para a casa.
No dia 21 de maio de 1925, Hachiko que tinha apenas um ano e meio, estava na estação,Figura 01, como de costume esperando seu dono chegar no trem das 16 horas.

Figura 01
Porém, naquele dia o Professor Ueno não voltou, porque tinha sofrido um derrame fatal na Universidade. Após a morte do Professor , seus parentes e amigos passaram a cuidar do cão, mas Hachiko continuava indo todos os dias à estação de Shibuya para esperar seu dono voltar do trabalho.Muitos anos se passaram e mesmo com dificuldades para andar em decorrência de problemas de saúde, Hachiko mantinha sua rotina diária à estação. Sua vigília durou até o dia 7 de março de 1934, quando já com 11 anos e 4 meses foi encontrado morto no mesmo lugar onde esperou pelo seu dono por tantos anos.A memória de Hachiko foi local onde ele morreu.Durante a 2º Guerra Mundial, todas as estátuas foram confiscadas e derretidas, incluindo a de Hachiko.Em 1948 o filho do escultor da estatua original foi contratado para criar uma réplica dessa estátua, Figura 02, que foi colocada no mesmo lugar da anterior e atualmente, todos que passam pela estação de Shibuya em Tokyo podem ver a importante estátua de Hachiko, eternizando uma das maiores paixões de um cão por seu dono e atestando a incrível lealdade da raça.

Figura 02

4 comentários:

Hachiko morreu de Filária. Doença que ainda hoje mata cães no Japão mesmo tendo remédio barato pra prevenir esta doença! A minha cachorrinha toma todo mês, enquanto estiver quente aqui no Japão tem que tomar por causa dos mosquitos transmissores do parasita.

poxa que pena hein!? deve ser um sofrimento pra ela =/

O remédio é um petisco e ela adora! Sempre pede mais.

Ah sério!? Pensei que ela não gostava rsrs
pelo menos da pra tratar bem né? :)

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...