25 de ago de 2012

Kirin

Originário da mitologia chinesa, mas adotado por todo o oriente, este ser é visto como sagrado no Japão. Ele lembra um pouco a quimera ocidental, visto que tem cabeça de lobo ou dragão, corpo de um cervo, extremidades de um boi e cascos e rabo de cavalo. Às vezes ele é representado com o corpo de uma girafa.
Ele é completamente bom, incapaz de fazer mal a um único ser vivo, e é considerado o mensageiro dos deuses.

Em praticamente todas as versões das suas histórias, ele é visto com um chifre, lembrando o unicórnio europeu. Mas essa não é a única semelhança entre eles. O Kirin tem um espírito puro e grande respeito pela a vida, e não suporta que se abuse de jovens puros de coração.
Dizem que ele aparece sempre que um grande líder está para nascer. Outra versão diz que ele só aparece para anunciar o iníco de uma nova era, podendo ser algo catastrófico ou bom para a humanidade. Dizem que ele é envolto em chamas e pode expirar fogo.

Uma conhecida fabricante japonesa de bebidas se inspirou no kirin para seu nome e também para o seu mascote, que estampa o rótulo de muitos de seus produtos.
A mitologia que envolve o kirin também foi base para o anime Jyuuni Kokki (Os Doze Reinos). A história acontece em um mundo fantástico, no qual cada um dos reinos é governado por um rei e um kirin, que pode assumir forma humana. O kirin, aliás, é quem escolhe o monarca, e depois passará a ser uma espécie de guardião.

O kirin também aparece na popular série de games Monster Hunter como um personagem muito forte, capaz de emitir descargas elétricas, mas que tem no chifre seu ponto fraco.






Fonte: Rádio Blast! e Made in Japan 

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...