16 de fev de 2011

História do Miojo

 Aposto que muita gente não sabe a verdadeira História do Miojo (lamen).
Pra quem não sabe ,este ano, comemora -se o 53º aniversário
de uma das maiores invenções japonesas do século 20:
o macarrão instantâneo (vulgo miojo).
O nome desse grande inventor é Momofuku Ando ,que morreu de ataque cardiaco aos 96 anos no dia 5 de janeiro do ano de 2007.
Ando morreu num hospital de Ikeda, em Osaka, no sul do Japão. Dias antes de sua morte, ele havia discursado para os empregados da Nissin Products, empresa que fundou e da qual era presidente.
A notícia sobre sua morte foi tratada com destaque, inclusive nos jornais estrangeiros, e causou surpresa para quem não sabia que o “miojo” havia sido criado por uma pessoa. O New York Times publicou o editorial Mr. Noodle em homenagem a Ando, reafirmando que o macarrão instantâneo foi uma das principais invenções japonesas do pós-guerra, junto com o Walkman da Sony e o Civic da Honda. No Japão, ele já recebeu o título de maior invenção nacional do século 20, seguida pelo karaokê e pelo Walkman, numa pesquisa do Instituto de Pesquisa e Informação Mizuho.
O primeiro produto lançado por Ando, chamado Chiken Ramen, teve que superar a estranheza e o receio entre os vendedores para chegar às prateleiras. Mas ele teve ótima aceitação do público, logo depois que saiu no mercado no dia 28 de agosto de 1958, apesar de custar quase o mesmo preço de uma tigela de macarrão servido na rua, ou seja, ¥ 35. Em menos de um ano, a produção diária do Chicken Ramen cresceu de 300 para 6 mil porções.
*Momofuku Ando e sua estátua que se encontra no seu Museu em Ikeda.
O empresário, nasceu em 1910 em Taiwan, mas desenvolveu toda a sua carreira no Japão.
Ele é considerado o responsável por uma das maiores influências sobre a cultura gastronômica japonesa, os macarrões instantâneos de frango (”lamen”), que inventou em 1958.
Segundo ele mesmo gostava de contar, a idéia de criar o produto surgiu pouco depois do fim da Segunda Guerra Mundial, quando viu uma longa fila de gente esperando para conseguir uma sopa de macarrão.
O “rei do lamen” concluiu então que “só haveria paz no mundo quando o povo tivesse comida suficiente“.
Durante sua longa trajetória como empresário, que encerrou em julho de 2005, aos 95 anos, Momofuku Ando levou a sua empresa ao primeiro lugar mundial no setor. Além disso, criou um museu dedicado ao “lamen” em Ikeda, e chegou a levar seus famosos macarrões ao espaço.
Em julho de 2005, a Nissin produziu um macarrão especialmente para ser consumido pelo astronauta japonês Soichi Noguchi, durante uma missão espacial da nave “Discovery”.

Fonte:  japaoemfoco.com

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...