28 de dez de 2010

Se prevenindo contra terremotos...

"Alerta de terremoto: um terremoto foi detectado na região noroeste. Preparem-se para tremores muito fortes": graças a uma tecnologia desenvolvida no Japão, os telefones celulares podem avisar a população e ajudar a organizar operações de evacuação, busca e resgate.

O "dispositivo de alerta antecipado", elaborado pela Agência Meteorológica japonesa, ainda precisa ser aperfeiçoado - uma mensagem enviada no dia 25 de agosto de 2009 às 06H37 para os celulares de milhares de habitantes do leste do Japão era um alarme falso -, mas o sistema é único no mundo.

Antes, estas advertências eram desenvolvidas apenas para instituições, centrais nucleares e companhias ferroviárias. Desde outubro de 2007, no entanto, já são retransmitidas pelos meios de comunicação e divulgadas por alto-falantes em locais públicos por todo o Japão.

O alerta também pode soar em cada domicílio, graças a aparelhos específicos comercializados por fabricantes de eletrônica, empresas de segurança ou síndicos de edifícios.

Fruto de longos anos de pesquisas, o sistema proposto pela Agência Meteorológica permite detectar os primeros indícios de terremoto e avaliar seu potencial destruidor.

O dispositivo analisa as diferenças de velocidade de propagação das diferentes ondas emitidas por um terremoto. Graças à rapidez das redes de telecomunicações, o alerta pode ser dado instantes antes das ondas mais mortíferas serem sentidas.

Os especialistas estimam que o número de vítimas de terremotos poderia ser reduzido em 90% se as pessoas tivessem apenas dez segundos para fechar o gás, se proteger debaixo de uma mesa, abrir a porta, etc.

Só os alertas de grandes terremotos são comunicados ao grande público, para evitar o pânico em um país onde terremotos pequenos são extremamente frequentes e as técnicas de redução de danos sísmicos, eficazes.

Quando algo acontece, os japoneses confiam nas telecomunicações para diminuir a gravidade do desastre, através de dispositivos de acompanhamento dos danos e de localização de vítimas, como o criado pela empresa NTT Comware.

Este dispositivo portátil, que inclui uim computador, um projetor e um estilete, além de um software de cartografia associado a uma base de dados, para ser usado pelas autoridades locais.

Ele permite registrar os acontecimentos em tempo real, de maneira rápida e exata, e suas informações são transmissíveis para outros centros de gestão de crise.

Fonte: pt.kioskea.net

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...