28 de dez de 2010

Lan houses diferentes...

No Japão, as lan houses estão se tornando a casa de muita gente – literalmente. Além de conexão super rápida com a internet, muitos desses locais já oferecem camas, comida, bebida e até banheiro com chuveiro para os usuários, por isso não é de se estranhar que as lan houses (ou “internet café” como são chamados lá) são de primeira linha.
Com essas facilidades, muitos acabam exagerando e passam a maior parte do dia e da noite na web. O gerente de uma dessas lan houses conta que o número de pessoas que passaram a dormir no local está aumentando.Muitas pessoas quando perdem a ultima condução (ônibus ou trem) optam por usarem estes estabelecimentos, pois sai bem mais em conta, se comparados ao preço de hotéis.

Para muitos governos, médicos e psicólogos da Ásia, essa atitude pode apontar um tipo de vício, se interferir na vida pessoal – atrapalhando o trabalho ou o estudo, por exemplo.

Muitos médicos alertam, no entanto, que a culpa não é da internet nem das lan houses: o vício seria sintoma de outros problemas. Segundo uma pesquisa feita no país, os principais motivos desse vício em internet são falta de comunicação com os pais, insegurança em relação ao futuro, insatisfação com a vida atual e sentimento de isolamento.

CURIOSIDADES SOBRE AS LAN HOUSES LÁ:

-Existem Lan houses em toda parte que funcionam 24 horas ao dia;
-Na grande maioria dos estabelecimentos as cabines são individuais e podem ter lugares para fumantes e não-fumantes;
-Em geral, além do computador tem: televisão, vídeo-game, e pode se assistir dvds também.
-Grande variedade de mangás, revistas, e dvds;
-Existem vários tipos de assento, a sua escolha. Estilo oriental: sentado ou deitado no chão;
-Para duas ou três pessoas,a cabine é mais espaçosa;
-Com poltronas confortáveis individuais, algumas delas fazem massagem;
-Cafés, refrigerantes, sucos, chás, podem ser consumidos à vontade, pois já estão incluídos no preço. -Também se pode pedir comidas, mas se paga a parte.


Coreia do Sul

Na Coreia do Sul, de cada 10 adultos, um estaria viciado em internet. O governo sul-coreano decidiu agir oferecendo ajuda, ao distribuir programas de computador que limitam o uso diário da internet. Além disso, o país oferecerá atendimento psicológico de graça para 300 mil pessoas.

No início do mês, um caso ocorrido no país chocou o mundo: um casal foi preso por deixar a filha de 3 meses morrer de fome em casa, enquanto jogava, em uma lan house, um game em que o objetivo era cuidar de uma criança virtual.


Fonte: abcid.org.br e infornews.org

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...